A despedida da seleção brasileira da Granja Comary, em Teresópolis,

Treino da seleção tem festa, tumulto, parabéns e gritos de 7 a 1



A despedida da seleção brasileira da Granja Comary, em Teresópolis, teve festa, tentativa de invasão, parabéns ao aniversariante Tite e gritos de "uh, é 7 a 1". O treino aberto desta sexta-feira foi acompanhado por familiares de jogadores e centenas de torcedores. Muitos, porém, não conseguiram chegar nem próximo ao campo e tentaram invadir o CT - alguns conseguiram, mas foram logo contidos pelos seguranças.

Quem encarou tumulto e empurra-empurra por quase duas para conseguir acessar à Granja, e mesmo assim acabou ficando muito longe dos jogadores, não perdoou. Em pelo menos três momentos, torcedores entoaram gritos de "uh, é 7 a 1". Alguns conseguiram passar pelo alambrado que separava a rua do CT, mas foram alcançados muito antes de chegarem ao campo.

Os que conseguiram chegar à arquibancada ou mesmo ficar mais próximo dos jogadores, apoiaram bastante. Neymar, como de costume, foi o jogador que teve o nome mais gritado. Tite, que nesta sexta-feira completou 57 anos, ouviu o "parabéns a você" da torcida em pelo menos duas ocasiões. No fim, os dois acompanharam outros jogadores e foram tirar selfies e autografar camisetas.

Dentro de campo, o treino foi dividido em três etapas. Na primeira, os jogadores foram divididos em dois times e trabalharam movimentação em campos separados, sob supervisão dos auxiliares técnicos. Depois, eles treinaram jogadas ofensivas com obstáculos fazendo às vezes dos marcadores adversários. Por fim, o grupo treinou jogadas de defesa em cruzamentos da linha de fundo.

A seleção brasileira faz um último treino na Granja Comary na manhã deste sábado. A atividade será totalmente fechada. Ao meio-dia, o grupo será liberado e se reapresenta no domingo, no Rio de Janeiro. O elenco almoçará na sede da CBF, na Barra da Tijuca, e de lá se dirige ao aeroporto do Galeão, de onde embarca para a Inglaterra.

Source: jb.com.br