O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF)

Casa do árbitro Vasco Santos foi vandalizada


O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou que o casa onde vive o árbitro Vasco Santos foi vandalizada, na madrugada desta quinta-feira. O incidente vai ser reportado às autoridades competentes.

No site oficial da FPF, o Conselho de Arbitragem "condena de forma inequívoca e veemente este tipo de comportamento que visa perturbar os agentes da arbitragem". No mesmo comunicado, apela ao fim do "discurso de ódio", "insuportável e inaceitável", que se vive na arbitragem.

Nesta nota, apelam ainda ao bom senso dos clubes para acabarem com este tipo de situações: "O Conselho de Arbitragem exorta os clubes a demonstrar que são capazes de analisar a gravidade deste tipo de situações e encontrar soluções imediatas no quadro da autorregulação existente".

Vasco Santos, Associação de Futebol do Porto, foi o vídeo-árbitro designado para o jogo Benfica-Belenenses (5-0), da terceira jornada da I Liga, de que resultou a abertura de um processo ao defesa Eliseu, por alegada prática de jogo violento, e que viria a ser arquivado pelo Conselho de Disciplina (CD).

Em causa está um lance em que o defesa do Benfica pisou um adversário. Questionado por este órgão, Vasco Santos disse que, após ter visto imagens que lhe foram disponibilizadas durante o jogo, entendeu não ter existido qualquer agressão ou prática de jogo violento por parte de Eliseu e por essa razão não alertou o árbitro do jogo, Rui Costa.

Source: jn.pt