Uma empresa suíça criou um chocolate cor-de-rosa que diz ser

Há um novo tipo de chocolate e é cor-de-rosa


Uma empresa suíça criou um chocolate cor-de-rosa que diz ser a primeira versão a ser confecionada de forma natural desde que o chocolate branco foi introduzido no mercado pela Nestlé, há 80 anos.

Chama-se chocolate "ruby" e estava a ser desenvolvido há 13 anos, quando a maior produtora de chocolate do mundo, a companhia Barry Callebaut, descobriu um novo tipo de feijão de cacau, cujo pó dá o tom rosa ao produto, dispensando qualquer modificação genética.

"Não acrescentamos sabores, corantes ou aditivos: vem tudo do feijão e é tudo natural", garante Peter Boone, Chefe do Departamento de Qualidade e Inovação da Barry Callebaut, sediada em Zurique.

Boone acrescenta que o resultado é fruto de "anos de investigação de processos artesanais de fazer chocolate", ressalvando que a equipa teve "sorte com o potencial do feijão", que cresce na Costa do Marfim, no Equador e no Brasil.

Foi há cerca de dois anos que a empresa decidiu que havia um "mercado global" pronto para receber um "chocolate cor-de-rosa" e usufruir de "puro prazer e deleite hedonista", diz Boone.

Em comunicado, a empresa suíça explica que este é o quarto chocolate a ser criado (depois dos chocolates de leite, negro e branco) e descreve o sabor como uma "fusão entre bagas de frutos e uma suavidade deliciosa", não tão doce como o tradicional.

O novo produto, que foi lançado num evento em Xangai, China, esta quarta-feira, irá para as prateleiras dos mercados internacionais apenas daqui a seis meses.

Source: jn.pt